Ideação
POLÍTICAS PÚBLICAS PARA MELHOR
QUALIDADE DE VIDA.

Por que a gestão de projetos de desenvolvimento é diferente?

ideia | 28 Novembro 2017

Os projetos de desenvolvimento são fundamentais para que instituições públicas alcancem seus objetivos estratégicos. Eles normalmente fazem parte de um plano de ação maior e tem como objetivo gerar resultados que permitam a evolução socioeconômica de regiões, estados ou países. Para isso, é essencial que os projetos sejam finalizados no tempo e orçamento previstos, cumprindo com os objetivos de desenvolvimento estabelecidos.

De acordo com uma pesquisa realizada pela maior associação sem fins lucrativos do mundo para profissionais de gerenciamento de projetos, a PMI (Project Management Institute), apenas 51% dos projetos do setor público e privado conseguem terminar a tempo, e apenas 57% seguem o orçamento original. O que significa que 49% dos projetos que são realizados, terminam fora do prazo e orçamento. Os atrasos e mudanças orçamentárias afetam diretamente os beneficiários, que deixam de perceber e usufruir dos resultados almejados com os projetos. Para evitar isso, a utilização de ferramentas e derivadas de boas práticas e padrões internacionais, que possam garantir que os objetivos específicos de cada projeto sejam alcançados dentro do tempo, custo e escopo planejados

Para isso é preciso considerar algumas variáveis presentes nos projetos de desenvolvimento, que consideram principalmente, seu propósito de promover mudanças econômicas e sociais em determinado contexto. As principais são:

Diversidade: as partes envolvidas no projeto possuem diferentes expectativas, demandas, níveis de influência e interesse. Um projeto de desenvolvimento demanda uma série de negociações entre os stakeholders participantes nos âmbitos político, econômico, social, ambiental, etc.

 Sustentabilidade: após a entrega do projeto, ele precisa continuar a ser monitorado, para se verificar que as mudanças esperadas em longo prazo estejam sendo atingidas. Os resultados de um projeto de desenvolvimento costumam surgir muito depois da conclusão dele.

Retorno Social: por se originarem de um objetivo de desenvolvimento socioeconômico, projetos de desenvolvimento sempre precisam dar um retorno social, característica que não necessariamente faz parte de projetos privados com fins lucrativos.

Essas características demandam habilidades específicas dos gestores públicos, responsáveis por escolher técnicas de gestão que proporcionem eficiência e garantam o retorno esperado do projeto em prazo, orçamento, sustentabilidade e desenvolvimento efetivo para a comunidade impactada. Com uma gestão eficiente, é possível obter uma economia substancial de recursos e de

dinheiro, permitindo a geração de economias de escala e o incremento de margens de utilidade. Dado esse cenário, surgiram metodologias específicas para a gestão de projetos de desenvolvimento.

Uma delas é a metodologia PM4R, criada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento, por sua larga experiência no setor. Ela está sendo

ensinada para gestores de projetos por meio do curso em português de Gestão de Projetos de Desenvolvimento, que é online, em português e gratuito. Com o curso é possível aprender conceitos, conhecer ferramentas e a metodologia PM4R que podem ser aplicados na gestão de projetos de forma eficaz e efetiva. Para aqueles que querem participar, as inscrições ainda estão abertas.

1 comentário

Deixar um comentário