POLÍTICAS PÚBLICAS PARA MELHOR
QUALIDADE DE VIDA.

INKNOVATION: Um concurso de ilustrações sobre inovação

ideia | 24 Novembro 2016

logo-3

 

Nicolás Cañete*

Como parte da próxima publicação de um livro de crônicas jornalísticas sobre histórias de inovação, e no mês do Dia Mundial da Ciência, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) está convocando um concurso de ilustrações denominado “INKNOVATION – Ideias que transformam vidas através da ciência, tecnologia e inovação” (Clique aqui para ver os detalhes e se inscrever) .

Até o dia 30 de novembro se encontra aberta a convocatória para desenhistas, ilustradores e artistas da América Latina e Caribe (ver países participantes) que queiram ilustrar algumas histórias de inovação em âmbitos científicos, tecnológicos e sociais que se deram na região nos últimos anos com apoio de programas do BID. Cada participante poderá apresentar um total de 3 ilustrações que se refiram a 3 projetos diferentes.

Haverá um máximo de dez finalistas que terão suas ilustrações publicadas no livro de crônicas jornalísticas do BID. Esta publicação, que será distribuída em toda região com o selo da Editora Planeta, conta com a participação da reconhecida jornalista Leila Guerriero como editora, assim como de talentosos cronistas latinoamericanos como autores.

Como premio adicional, além de aparecer no livro, os finalistas receberão touchpads para desenho digital profissional e os trabalhos destacados ganharão menções honrosas. Para mais informação sobre o regulamento do concurso e sobre como participar, visite o site: www.iadb.org/inknovation.

A data limite para enviar ilustrações é dia 30 de novembro até às 11:59 pm (hora dos Estados Unidos).

Fomentar a cultura da inovação

Além de dar visibilidade e promover o talento de desenhistas da região, este concurso e o livro de crônicas jornalísticas juntos, constituem um convite à reflexão, desde as artes, literatura e o jornalismo, sobre o impacto da inovação no desenvolvimento da região.

Os projetos de inovação a serem ilustrados tratam, por exemplo, de científicos que estudam a saúde humana e desenvolvem vacinas e tratamentos a doenças que afetam a milhares; empresas que apostam na tecnologia para melhorar seus processos; engenheiros que criam dispositivos que aumentam a produtividade em diversas indústrias; empreendedores que concebem novos modelos de negócio mediante tecnologias digitais; inovadores sociais que transforma as vidas daqueles mais vulneráveis.

Apesar de ter conseguido avançar em algumas frentes, na região latinoamericana estamos ainda estamos atrasados com relação aos nossos competidores globais em matéria de inovação. Se nossos países querem alcançar maiores níveis de desenvolvimento devemos mudar a estrutura produtiva, incorporando muito mais conhecimento, tecnologia e inovação no que fazemos atualmente.

Para isso, mesmo com as políticas públicas e financiamento a la I+D e atividades de inovação, devemos fomentar a cultura e a ciência da inovação na sociedade latinoamericana. A comunicação e as artes são fundamentais na criação de uma consciência coletiva sobre o papel da inovação na sociedade.

As crônicas nos contam, em uma relato que cativa, o aspecto mais humano de quem torna a inovação possível, suas características, como foi o processo, os êxitos, fracassos e desafios. As ilustrações comunicam mensagens, mas além das palavras, nos conectam mais ao texto narrado e são essas imagens que nos convidam ao gozo estético da literatura. Em conjunto esperamos que estimulam nossa imaginação e nos motivem a uma mudança de mentalidade.

 

*Nicolás Cañete é consultor da Divisão de Competitividade e Inovação do BID e editor do Blog “Puntos sobre la i”.

Deixar um comentário