POLÍTICAS PÚBLICAS PARA MELHOR
QUALIDADE DE VIDA.

Qual a sua pegada de resíduos sólidos?

ideia | 30 Junho 2016

residuos solidos_meio ambiente_pegada de lixo_ideacao (Custom)

Pedro Aguiar e Lorenza de Sousa*

Este post é um dos ganhadores do Concurso de Blogposts Ideação no tema “Inovação e Ecoeficiência na gestão e no monitoramento ambiental”.

Será que as pessoas sabem a pegada que estão deixando no mundo? Esta pergunta conduz o projeto Pegada de Lixo, uma iniciativa de dois estudantes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) na área de desenvolvimento sustentável. A proposta do projeto é que a calculadora seja um instrumento de educação, conscientização e sensibilização ambiental.

O Pegada de Lixo, em fase de testes, é uma ferramenta interativa que estima a geração de resíduos sólidos domiciliares. A base de cálculo utilizada na calculadora é fundamentada em dados das mais de cinco mil cidades brasileiras e incluem região, município, renda individual mensal, idade e índice de desenvolvimento do bairro de residência. Dessa forma é possível fazer comparações com a média brasileira, com a estimativa anual e até com outros países.

De acordo com estes dados são gerados gráficos e comparações em relação ao tamanho do impacto de cada pessoa durante toda a vida. Uma vez calculada a quantidade de lixo que a pessoa já gerou ou que ainda vai gerar, a calculadora compara os dados com a quantidade de elementos em volume como, por exemplo, quantos elefantes representam a quantidade de lixo produzida pelo cidadão ou a quantidade de containers que seriam necessários para armazenar os resíduos produzidos. A visualização gráfica é de fácil entendimento e permite uma sensibilização sobre o descarte excessivo de lixo no meio ambiente.

Assista ao vídeo e entenda como funciona a calculadora do Pegada de Lixo:

A iniciativa analisa o comportamento das variáveis que interferem na geração de resíduos sólidos urbanos e sugere alternativas que sejam práticas sustentáveis, contribuindo para a mitigação dos impactos ambientais tais como: boas práticas de reciclagem, compostagem de matéria orgânica, dicas de não geração de lixo e o incentivo ao reuso criativo, o upcycle.

Atualmente a calculadora de resíduos se aplica apenas à população brasileira, embora seja possível replicar em outros países da América Latina com dados de resíduos sólidos domiciliares de cada região.

Quer calcular sua pegada? Solicite o seu convite para testar a calculadora, clique aqui.

 

*Pedro Aguiar é estudante de Engenharia Ambiental na UFMG, desenvolvedor da Pegada de Lixo. Trabalha na Fundação Estadual do Meio Ambiente e é consultor externo da Emas JR e já publicou trabalhos científicos na área de resíduos sólidos.

* Lorenza de Sousa é graduada em Enfermagem pela PUC-MG. Atualmente é discente do curso de Ciências Socioambientais pela UFMG e do curso de especialização em Gestão Ambiental pela UNIARA, além de ser técnica social do Instituto Rondon Minas. Realizou o curso “Training Course in Management of Composting Project pela Japan International Cooperation Agency, JICA, no Japão.

 

Fonte: Base de artigos científicos para o desenvolvimento do projeto

Deixar um comentário