POLÍTICAS PÚBLICAS PARA MELHOR
QUALIDADE DE VIDA.

Como seria a América Latina e o Caribe se fossem apenas 100 pessoas?

ideia | 15 Dezembro 2015

numeros sobre alc

Agustín Cáceres*

Os dados abertos permitem mostrar a realidade com ângulos muitas vezes singulares. Com base nos dados disponíveis no portal de dados abertos do BID e de outros organismos multilaterais, elaboramos um infográfico que retrata a América Latina e o Caribe como se fossem 100 pessoas.

Na sequência, contaremos para você dez fatos surpreendentes sobre a realidade na região baseados em dados abertos:

1A América Latina e o Caribe formam uma região etnicamente muito diversa: 24% da população se autodeclara como afrodescendente, 29% como mestiço, e 11% indica ser indígena.

2Na América Latina, nem todo mundo fala espanhol e português: 2% falam francês e 5% falam alguma língua indígena. No total, os povos indígenas da região falam 420 línguas distintas, das quais 103 (24,5%) são idiomas, que ultrapassam as fronteiras geográficas, utilizados em um ou mais países. Um exemplo é o idioma quechua falado em sete países distintos: Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Chile, Equador e Peru.

3A América Latina e o Caribe apresentam uma região jovem: 29% da população tem entre 0 e 14 anos e 27% entre 15 e 29 anos.

4O acesso à água e saneamento não é universal, principalmente nas zonas rurais: 7% da população não tem acesso à água potável e 12% carece de saneamento adequado.

5Mais da metade da população vive com menos de US$10 por dia: 30% vivem com recursos entre US$0 e US$4 por dia, e 38% entre US$4 e US$10 diários.

6Nem todos tem acesso à moradia: 6% dos latino-americanos e caribenhos não contam com um teto sobre suas cabeças para viver.

7O sobrepeso e a diabete são os problemas emergentes da saúde do século XXI: 56 em cada 100 latino-americanos e caribenhos sofrem de sobrepeso e obesidade, ou seja, mais da metade da população.

8A insegurança ainda é um importante desafio para a região: 20 em cada 100 pessoas foram vítimas de assalto no último ano.

9Cada vez mais pessoas tem acesso à Internet: de cada 100 latino-americanos e caribenhos, 54 não tem acesso à rede, mas o alcance da internet está crescendo em grande velocidade. Hoje, de cada 100 habitantes da região, 46 tem acesso à Internet, dos quais 27 tem acesso através de seus smartphones.

10A porcentagem de católicos está caindo: embora a maioria da população se declare católica (66%) o número de pessoas ligadas a outras religiões como o protestantismo, incluindo os evangélicos, está em ascensão (19%) igual ao número de agnósticos e ateus (8%).

infografico alc

Qual dado te surpreendeu mais? Como você tem utilizado ou vai utilizar os dados abertos para entender a realidade da região? Deixe seu comentário aqui embaixo!

Post publicado originalmente no blog do BID, Abierto al Público

* Agustín Cáceres, é consultor de comunicação do Escritório de Relações Externas do BID.

Deixar um comentário