POLÍTICAS PÚBLICAS PARA MELHOR
QUALIDADE DE VIDA.

Como Colômbia, Israel e Califórnia lidam com o risco de falta de água?

ideia | 13 Agosto 2014

aguaidea Foto: Agência Brasil

 Por razões que vão de condições geográficas desfavoráveis a desequilíbrios amplificados pela mudança climática, diferentes regiões do mundo lidam com a ameaça de desabastecimento de água. Confira exemplos do que vem sendo feito em três lugares diferentes para evitar que o nosso século seja definido pelo o que alguns já chamam de a guerra da água.

 Califórnia – Além de estrelas de cinema, paisagens paradisíacas e grande concentração de milionários, o estado norte-americano também é conhecido pelas constantes secas. Para evitar o desperdício, multas de até 500 dólares (mais de mil reais) podem ser aplicadas àqueles que praticam o que por lá é visto como um crime: usar a mangueira para lavar o carro.

Israel – Apesar do mais recente conflito entre israelenses e palestinos, os dois lados, além da Jordânia, trabalham há algum tempo para ampliarem o acesso à água. Com mais de metade de seu território em área desértica, Israel investe na dessalinização do Mar Mediterrâneo para garantir o acesso a água a seus cidadãos. Com o agravamento das secas mundo afora, a técnica, ainda cara, é uma opção cada vez mais debatida entre especialistas para evitar desabastecimento.

Colômbia – Nosso vizinho, que atravessa grave seca provocada pelo fenômeno El Niño, começa a cobrar agora em agosto o dobro do valor da fatura para aqueles que ultrapassarem os limites de consumo recomendados.

Deixar um comentário