POLÍTICAS PÚBLICAS PARA MELHOR
QUALIDADE DE VIDA.

Sete plataformas para aproveitar a oferta de MOOCs

ideia | 11 Agosto 2014

moocsblog

 

Geraldine García* e Equipe Ideação

Os cursos online abertos e massivos (MOOCs, na sigla em inglês) continuam se multiplicando e oferecem inúmeras opções de capacitação gratuita online.

Abaixo, sete plataformas interessantes para quem quer aproveitar os cursos virtuais.

Veduca

A plataforma brasileira disponibiliza quase 300 cursos abertos e gratuitos, entre os quais MBA cuja certificação, paga, é reconhecida pelo MEC. O conhecimento vem de instituições como Universidade de São Paulo, Harvard, Yale e Oxford, em diversas áreas do conhecimento.

A plataforma brasileira disponibiliza quase 300 cursos abertos e gratuitos, entre os quais MBA cuja certificação, paga, é reconhecida pelo MEC. O conhecimento vem de instituições como Universidade de São Paulo, Harvard, Yale e Oxford, em diversas áreas do conhecimento.

Coursera

Uma das plataformas estrelas quando o assunto são MOOCS. Pode-se escolher entre mais de 400 cursos gratuitos criados por destacadas instituições de ensino de todo o mundo.  Materiais interativos como videoconferências, provas online, avaliações entre pares – a comunicação entre professores e alunos e possível – ajudam a fortalecer a experiência.

EdX

Lançada como plataforma aberta em março de 2013, e utilizada por instituições como Harvard e MIT para oferecer cursos a mais de 100 mil estudantes. Os interessados podem assistir as aulas, disponíveis 24 horas por dia, de acordo com sua conveniência. Embora os trabalhos e provas tenham prazo para ser entregues, costumam oferecer tempo suficiente para que o aluno complete-os de maneira satisfatória.  Os cursos estão disponíveis em inglês –MOOCS em espanhol já estão sendo desenvolvidos para a EdX.

UniMooc

Trata-se de uma plataforma gratuita em espanhol para a formação de empreendedores. Os cursos são dirigidos tanto a novatos quanto a especialistas em novos negócios. Há cursos sobre legislação, comércio eletrônico e aplicações móveis. O corpo docente é formado por personalidades do setor privado e da academia. Não se requer cursos prévios e também não há prazo para a conclusão dos módulos e lições.  É possível fazer vários cursos ao mesmo tempo.

Uda City

Esta plataforma concentra-se em oferecer cursos de programação e tecnologia com o intuito de gerar uma ponte entre o mundo acadêmico e mercado de trabalho.  Os cursos são dados por líderes da indústria que compartilham suas experiências em companhias como Google e Facebook.

Disponíveis em inglês, os cursos podem ser escolhidos de acordo com o nível de dificuldade. Entre os temas estão: Android, engenharia de software e desenvolvimento web. A UdaCity oferece duas semanas de aulas gratuitas – a versão completa dos cursos e os certificados são pagos.

 Future Learn

Oferecida pela Open University, que tem mais de 40 anos de experiência em ensino a distância.  Tem entre seus sócios mais de vinte universidades, além de instituições com extensos arquivos culturais e educativos, entre as quais o Conselho Britânico e a Biblioteca do Reino Unido.

Os cursos de Future Learn são divididos por semanas e contam com atividades que devem ser concluídas em cada uma delas. Os materiais incluem vídeos, áudio, artigos para avaliação e testes no estilo quiz. Há fases de discussão em que se pode debater os temas abordados com outros estudantes.

Miriadax

Disponibiliza conhecimento aberto de educação superior de 1.262 universidades ibero-americanas.

Há atividades obrigatórias e optativas. Apesar de o material do curso estar sempre disponível para consulta, as atividades obrigatórias como as avaliações devem ser feitas de acordo com os prazos estabelecidos. Os cursos vão desde ciências exatas como física até ciências sociais e humanidades. A plataforma oferece certificado de participação.

*Geraldine García é consultora de comunicação do BID.

 

1 comentário

  • Ernesto Lana :

    Uma boa opção de MOOC também é a University of People (UOP). A UOP oferece cursos de graduação em Administração de Empresas e em Ciências da Computação, com certificados acreditados no Estados Unidos. A aplicação
    para ingressar em um curso custa entre US$10 e US$50, enquanto que os exames finais de cada disciplina custa US$100. Também tem opção de bolsas para quem não consegue pagar esses valores.
    Mais informações podem ser encontradas no site da UOP http://uopeople.edu/

Deixar um comentário