POLÍTICAS PÚBLICAS PARA MELHOR
QUALIDADE DE VIDA.

Os 6 tipos de atitudes em relação à mudança climática

ideia | 13 Janeiro 2014

mudanca climatica bid

Ivette Fis de Melo*

Qual é a sua atitude em relação ao desafio que é a mudança climática? Nossa percepção deste fenômeno determinará o quão dispostos estamos a enfrentá-lo individualmente, mudando alguns hábitos em nosso cotidiano assim como nossas decisões de consumo.

De acordo com uma pesquisa realizada há alguns anos pelo programa de comunicação e mudança climática da Universidade de Yale, nos EUA, a percepção pública se divide em seis categorias:

1. Os alarmados: aqueles que estão convencidos de que a mudança climática é uma realidade causada pela atividade humana e estão convencidos da importância da toma de medidas. Eles acham que os governos, as agências internacionais e a comunidade científica podem e devem fazer algo a respeito, e acompanham de perto as informações apresentadas sobre este assunto nos meios de comunicação.

2. Os preocupados: eles são igualmente conscientes da realidade e do desafio da mudança climática, mas ao contrário das pessoas alarmadas, eles não seguem tão de perto os meios de comunicação.

3. Os cautelosos: eles não estão convencidos que a mudança climática seja uma realidade e podem facilmente mudar suas percepções. Alguns deles estão preocupados, mas não acreditam que a mudança climática afetará a eles e suas famílias.

3. Os desinteressados: este grupo não sabe muito sobre o assunto, nem tem interesse ​​em pesquisar e aprender mais. Estão muito menos preocupados com o possível impacto da mudança climática no futuro.

5. Os duvidosos: as pessoas nesta categoria acreditam que a mudança climática se deve a mudanças naturais e não tem nada a ver com a atividade humana. Metade delas acredita que o fenômeno seja uma realidade, mas como não entendem muito do assunto não estão preocupadas.

6. Os depreciativos: este grupo nega completamente a realidade da mudança climática e acredita que há muita divergência na comunidade científica para aceitar a realidade este fenômeno. Em vez de formar suas opiniões baseadas na informação fornecida por meios de comunicação, este grupo ouve amigos e parentes.

Eu estou entre os preocupados​​. Em qual categoria você se encontra?

(Este blog foi originalmente publicado em espanhol no blog “Hablemos de cambio climático”.

* Ivette Fis de Melo é bibliotecária setorial para o Departamento de Infraestrutura e Meio Ambiente do BID e é responsável pela divulgação de informações relacionada com as questões das alterações climáticas, energia , transportes, biodiversidade e recursos hídricos. Possui uma licenciatura em Estudos Latino-Americanos da Universidade George Mason (Washington DC) e está concluindo o Mestrado em Ciência da Informação na Universidade de Drexel (EUA).

Deixar um comentário